Mensagens

É de Pequenino que se Come o Pepino!

Imagem
Por norma as crianças não querem comer os vegetais, vá se lá saber porquê. Talvez os achem feios e desinteressantes ou simplesmente estejam na fase em que se querem sentir independentes e adultas. Vamos tentar trocar-lhes as voltas com alguns truques deliciosos:  - Comece por dar o exemplo e coma também os vegetais; - Utilize vegetais com raiz, como a batata doce, a beterraba e o nabo, para obter vegetais ligeiramente adocicados. Corte-os em fatias finas, salteie-os em azeite  e leve-os ao forno pré-aquecido a 190º durante 20 minutos. Depois vire-os e espere mais 10-15 minutos;   - Para bebés que têm dificuldade em comer a sopa, incluir a batata doce pode ser um bom truque. Para mim foi uma grande ajuda; - Muitas crianças não gostam de legumes cozinhados, então experimente servi-los crus. Os meus filhos não gostam de cenoura cozida, mas devoram-na quando a sirvo crua com molho de iogurte e ainda dizem que é um petisco; - Milho doce, ervilhas, aipo e tiras de pimento vermelho também podem s…

Colheradas de Saúde e Bem estar!

Imagem
Como dizia Walter de la Mare, poeta britânico, "Somos o que comemos".  Por isso temos de estar atentos ao que metemos à boca, para não engolirmos em seco. A nossa saúde e bem estar depende em muito disso. 
As crianças têm tendência para os doces, fritos e iguarias desta espécie, mas não há nada como tentar contrariar esses hábitos e reduzi-los ao máximo. Por outro lado, há uma tendência a surgir na medicina em que esta valoriza como forma de prevenção e cura um estilo de vida saudável baseado na  alimentação e no exercício físico, não se limitando apenas a uma cura baseada na medicação.  Devemos dar ao nosso organismo tudo o que ele precisa para se manter saudável e ganhar maior resistência e imunidade. 
Sempre que possível escolha alimentos naturais, ainda por transformar. E sempre que que comprar comida já pronta a comer, opte pelos enlatados ou congelados, para ingerir o menor número possível de conservantes, e se possível, cozinhe mais em casa. São pequenas dicas que podem …

Pinto eu, Pintas tu, Pintamos nós, Pintam vocês!

Imagem
Esta é uma ideia simples que eu acho que resulta muito bem como actividade em família porque todos podem participar e divertir-se, sem ninguém ficar de fora. E além de divertida também acho que pode ser uma actividade relaxante porque enquanto colorimos e pintamos os problemas perdem protagonismo. A imaginação também pode ser estimulada através dos diferentes materiais utilizados para colorir pormenores e desenhos. 
Esta actividade funciona a qualquer hora e momento, e pode ser realizada individualmente, com amigos ou com a família, como uma actividade de cooperação e criação conjunta. Ao ser partilhada os ganhos são sempre maiores, e aqui o que interessa não é o tempo em si, porque até podem ser 10 minutos,  mas a qualidade do tempo partilhado, porque isso é o que realmente conta.  

ESTÁ NA ALTURA DE OS DEIXAR BRINCAR COM O PORTÁTIL!

Imagem
Respire de alívio, não é o seu portátil, nem outro qualquer. É um portátil de madeira criado de propositadamente para crianças. Uma ideia excelente transformada num brinquedo educativo em que enquanto brincam também podem aprender, já que podem criar palavras, frases, fazer contas ou desenhar!

Como a  ardósia é magnética podem fixar-se lá as letras e os números. Se as crianças preferirem,  podem utilizar simplesmente o giz na ardósia e escrever, contar, riscar ou rabiscar,!  Por isso enquanto trabalhamos, vamos incentivá-los também a trabalhar, mas com um portátil adequado para eles! ;-)


Se desejar conhecer melhor este brinquedo clique neste link por favor:  mais informações




TEMPO DE CONVÍVIO. TEMPO DE QUALIDADE.

Imagem
O TEMPO É O QUE FAZEMOS DELE
Estes tempos não têm sido nada fáceis pelas razões que todos conhecemos... Mas vamos tentar dentro do anormal criar alguma normalidade e se possível que nos aligeire e nos faça esquecer por momentos todos as preocupações que desabaram em cima de nós. Como? Tentando todos os dias criar algum tempo para "descontrair" com os miúdos, que divirta toda a família; um verdadeiro trabalho em equipa em que todos contribuímos para o resultado final!

Este Poster Atlas é uma possibilidade. O objectivo é colar uma série sticks/autocolantes em diferentes países, cidades e lugares de forma a completar o Atlas. Depois de completo não o arrume... É uma pena. O Poster Atlas é tão giro e tão colorido que pode ser pendurado ou colado à parede, e vai-se integrar muito bem na decoração do quarto dos miúdos ou até num escritório ou numa sala! Mais do que isso, não se esqueça da utilidade que vai ter pois é uma óptima ferramenta geográfica para os miúdos (e também para n…

NÃO VAMOS BRINCAR AO "SAI FORA"!

Imagem
As crianças adoram brincar, está-lhes no sangue, como já esteve no nosso. E mesmo que o tempo passe e a idade avance, a sensação da brincadeira continua a ser a de envolvimento e a de diversão. Quem consegue resistir a não emergir no espírito da brincadeira, uma vez estando lá?

Às vezes não há tempo, outras vezes é a disposição que falta. Depois de uma semana de trabalho, intercalada com as rotinas da casa (entre preparar refeições, dar banho, cuidar da roupa, etc.), o que é que resta? Uma dose mínima de horas e minutos contados, que apetece dedicar ao sofá, de preferência com um comando na mão.

Não é fácil, e nem sempre é uma tentação, mas acabei por me obrigar a dedicar um tempo para eles, para brincar, para jogar ou para levá-los a apanhar ar livre, quando assim o tempo o permite. A condição é poder ter um pouco de tempo para mim. Depois de descontado esse tempo, ou jogamos ou levo-os a jogar futebol ao parque ou até posso preparar um bolo com eles (eles adoram). E já chegamos a f…

E FEZ-SE LUZ SOBRE A ESCURIDÃO....

Imagem
MITOS SOBRE O MEDO


Pois é, como em quase tudo também existem mitos sobre o medo, ou crenças que mais vale tornarem-se em descrenças. Isto vem de longe e atravessou gerações. Hoje sabe-se muito acerca de parentalidade, graças aos especialistas, mas nem sempre foi assim. E muitos de nós crescemos a ouvir coisas sobre o medo que afinal não são nada assim. As principais:

Ter medo é sinal de fraqueza
Qual quê?? Nada disso! O medo faz parte de forma natural do desenvolvimento da criança e é mesmo uma emoção necessária para nos proteger do perigo. Está na nossa natureza e presente no instinto de sobrevivência do ser humano. Por isso nada de pensar que quem tem medo é fraquinho;   

Negar os medos aumenta a coragem da criança e diminui os seus medos
Mais outra que não vem nada a calhar. Hoje em dia os especialistas sabem que não é bem assim. Pelo contrário, esta atitude é mas é provável que deixe as crianças frustradas e as leve a esconderem aquilo que realmente sentem;

Aceitar os medos das cria…